Destaques

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 13/10/2019

Público minúsculo na Marcha para Jesus: “Não estou preocupado com multidão e sim fazer algo para Deus”, rebate pastor da AME-Feira

Vários fieis compareceram neste sábado (12) na 26ª edição da Marcha Para Jesus, em Feira de Santana. O evento saiu em frente do templo da Igreja Universal da avenida Getúlio Vargas, mas o número de pessoas foi contato a dedo, em comparação ao ano anterior.

Os participantes reclamaram da falta de divulgação da festa e a ausência de atrações nacionais. O evento coordenado pela Associação de Pastores e Ministros Evangélicos (AME), sempre contou com o apoio de outras entidades evangélicas. A ausência de líderes de outras associações foi notada pelos presentes e soou como boicote.


Durante entrevista ao site Portal Cidade Gospel, o presidente da Associação de Ministro Evangélico (AME-Feira), o pastor Edson Melo tentou explicar o número reduzido de pessoas na avenida.


“Esse final de semana, acredito o que atrapalhou foi a notícia falsa (fake news) que não haveria a segurança da Polícia Militar, ou o feriado que algumas pessoas possam ter aproveitado para viajar ”, explicou .

“Esse povo está aqui porquê vieram abençoar a cidade, mas não estou preocupado com multidão e sim fazer algo para Deus”, enfatizou o pastor ao repórter Denivaldo Costa.
“Nós recebemos apoio de alguns pastores da cidade, inclusive financeiro, por isso a festa aconteceu e com policiamento, graças a Deus. Já a prefeitura ajudou com aquilo que é devido, no caso os serviços essenciais. Em 2018, não trouxemos atração e este ano optamos pelo mesmo sentido, utilizamos os cantores locais”, pontuou.

Questionado sobre a ausência de líderes de outras associações, Edson citou a presença de dois colegas, mas disparou: “Aquele que entende que o trabalho é do reino, não visa associação, não visa engrandecer a si mesmo e sim ao reino. A festa não é nossa, a festa é do reino de Deus”, concluiu.

Atrações
As banda Jeová Nissi, Salvador e um mistério de louvor local foram responsáveis pela parte musical, cujo término foi realizado em frente a paço municipal.

Políticos

O Secretário Municipal de Desenvolvimento Social (Sedeso) Pablo Roberto Gonçalves, os vereadores Isaías de Diogo, Cadmiel Pereira e Edvaldo Lima estiveram caminhando ao lado do povo, como também o deputado estadual José de Arimateia. O Prefeito Colbert Martins da Silva mandou representante em razão do comprimento de sua agenda.

Os serviços essências como ambulância, Guarda Municipal, agentes da Secretaria Municipal de Trânsito (SMT) e Polícia Militar realizaram com perfeição os serviços para a comunidade.

Verba pública

De acordo O secretário de Relações Interinstitucionais Nau Santana, o município disponibilizou um trio elétrico, banheiros químicos e uma valor para contratação de uma atração musical, mas o líder da entidade optou por não aceitar a oferta financeira do gestor público e bancou com os gastos adicionais.

 

 

Portal Cidade Gospel