Notícias do Mundo Gospel

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 30/08/2017

“Queremos levar uma palavra de confiança para as pessoas”, diz integrante do Preto no Branco

Os rapazes do projeto Preto no Branco estiveram na noite da última segunda-feira (21) se apresentando no programa “Máquina da Fama”, exibido na emissora SBT e apresentado por Patrícia Abravanel. Na ocasião, o grupo criado por Alex Passos cantou o último single lançado, “Fé na vida”, compactuando com o tema da noite: Força, foco e fé.

 

Após a canção, os três integrantes conversaram com a filha de Silvio Santos sobre a formação do projeto e também sobre o objetivo do grupo. “Todo mundo tinha um projeto paralelo seguindo e cada um de uma parte do Brasil. Eu sou mineiro e morei no Espírito Santo minha vida inteira. O Clóvis é baiano”, disse Weslei Santos.

 

Ele continua: “Foi um projeto muito bacana que o Alex Passos, idealizador do projeto, da Balaio Music, pensou em ter um grupo onde tivessem negros cantando e a gente mudasse de instrumentos, que não fosse uma coisa tão comum. No Preto no Branco, você tem que cantar, trocar de instrumento. Uma hora eu toco teclado, outra hora o Clóvis toca o teclado. O show vira uma bagunça bem legal”, ressaltou.

 

Louvor leve

 

Questionados sobre as letras, o cantor Clóvis Pinho (autor de Mil Graus – Renascer Praise), declarou: “A gente tenta trazer o louvor da forma mais leve possível para que as pessoas interajam com a Bíblia, com as Escrituras, com ensinamentos que a gente recebeu na igreja desde criança. De uma forma mais leve conseguir colocar no dia a dia delas, inserir essa mensagem”, disse.

Patrícia indaga: “Vocês acham que as pessoas estão gostando tanto porque elas precisam ouvir uma coisa boa? Vocês acham que é por isso o sucesso de vocês?”. Clóvis responde: “Acredito que sim. A sede nasce primeiro, antes que a pessoa veja a água na frente dela. Eu acredito que essa sede é uma procura por uma mensagem de paz. A gente vê tanta coisa ruim hoje em dia”.

 

Weslei complementa: “O mundo está difícil pra caramba, para todo mundo. Então, quanto mais a gente puder levar uma palavra de apoio, de confiança para as pessoas, eu acho que é isso que o nosso Deus quer, que a gente tenha realmente fé na vida”, pontuou. Logo depois, ele cantam a famosa “Ninguém Explica Deus”.

 

Guia me