Versículo do dia
Àquele que não conheceu pecado, o fez pecado por nós; para que, nele, fôssemos feitos justiça de Deus.

Remédio contra alcoolismo pode eliminar HIV, diz estudo

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

dO medicamento Disulfiram, utilizado para tratar o alcoolismo, pode contribuir para a erradicação do vírus HIV, causador da Aids, a partir da combinação com outras substâncias. De acordo com um estudo divulgado nesta terça-feira, 17, o medicamento acorda o vírus adormecido no organismo infectado, permitindo assim destruir tanto o vírus quanto as células que o abrigam.

 
A pesquisa, divulgada na revista “The Lancer HIV”, garante que não há efeitos colaterais para os pacientes soropositivos.
“Despertar o vírus é apenas o primeiro passo para eliminá-lo. Agora, temos que trabalhar a maneira como nos livrarmos das células infectadas”, explicou Julian Elliot, diretor de pesquisa clínica no departamento de doenças infecciosas no Hospital Alfred de Melbourne (Austrália), primeiro autor do estudo.

 

 
O tratamento antirretroviral (ART) realizado nos dias de hoje mantém o vírus HIV de forma latente (inativo), mas não deixa os pacientes completamente livres.

 

 
Durante os testes, 30 pacientes em tratamento receberam doses crescentes de Disulfiram por três dias. Na dose mais elevada, os pesquisadores obtiveram a estimulação do HIV adormecido sem reações adversas.
A próxima etapa do estudo é testar esta droga em combinação com outras, tendo como alvo o próprio vírus.

 

A TARDE

OUTRAS NOTÍCIAS