Versículo do dia
O galardão da humildade e o temor do Senhor são riquezas, e honra, e vida.

Reviravolta garante retorno de idosa que havia sido expulsa de igreja e saída do pastor; Entenda

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

union-grove-baptist-churchA idosa de 103 anos que foi expulsa da igreja que frequentava há 92 anos por discordar das doutrinas adotadas pelo pastor não se calou, contratou um advogado e reconquistou seu direito de frequentar a denominação.

 

Genora Hamm Biggs falou sobre sua situação a toda a imprensa dos Estados Unidos, dizendo que havia criticado o pastor por causa de seu desvio da tradição batista: “Ele é um santo, um ministro santificado, somos batistas e ele tem dividido a igreja“, disse a idosa à época.

 

A repercussão do caso foi tão intensa que o pastor que a havia expulsado, Tim Mattox, recebeu ameaças de morte e resolveu deixar o cargo.

 

Mattox anunciou que estava deixando a Union Grove Baptist Church para fundar uma nova congregação, junto com membros que apoiam sua abordagem pentecostal do Evangelho. Agora, com sua decisão, os fiéis que decidiram permanecer na igreja irão procurar um novo pastor.

 

De acordo com informações da Fox News, o advogado de Genora, Ken Dious, revelou que sua cliente havia ficado “eufórica” com a notícia de que poderia voltar a frequentar a “única igreja que conheceu” durante toda a vida.

 

“Foi o avô dela quem começou a igreja”, acrescentou Dious, afirmando que Genora espera que os membros dissidentes um dia retornem à Union Grove.

 

O pastor e os membros que saíram já definiram que a nova igreja que estão fundando se chamará New Bethel (“nova betel”, em tradução do inglês), e anunciaram que Genora Hamm Biggs não será bem-vinda no local, por conta de sua discordância com a doutrina pentecostal e seu entrevero com Tim Mattox.

 

Gospel +

OUTRAS NOTÍCIAS