Versículo do dia
Descansa no Senhor e espera nele; não te indignes por causa daquele que prospera em seu caminho, por causa do homem que executa astutos intentos.

SAMU não recebeu relatório de inspeção do MPT e Comitê de Enfermagem

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

A Prefeitura de Feira de Santana, por meio do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), informa que até o momento não recebeu relatório da inspeção realizada pelo Ministério Público do Trabalho e Comitê de Enfermagem, sinalizando ajustes e adaptações necessárias.

Antemão, o órgão municipal reforça que estratégias para reduzir os riscos de contaminação por Covid-19 foram traçadas pela instituição, entre outras, com horários de descanso alternado para reduzir as chances de aglomeração. Todos os locais de repouso do SAMU possuem janelas e aparelhos de ar-condicionado, proporcionando a ventilação.

A respeito de profissionais estarem colocando colchão no chão para dormir, o órgão reitera que não é essa a orientação, uma vez que o SAMU possui local específico destinado para o repouso da equipe.

Salienta que a Central de Material e Esterilização (CME) está sendo utilizada em sua função original. Portanto, não procede a informação de que o local estaria servindo como depósito.

O órgão municipal ressalta que todos os profissionais fazem uso de EPIs (Equipamentos de Proteção Individual), respeitando o período indicado para descarte. E acrescenta que a respeito do técnico auxiliar de regulação médica foi feita adaptação de distanciamento hoje, 4. O profissional da recepção, por sua vez, trabalha com máscara e face Shields.

Vale salientar que, até o momento, a Secretaria de Saúde recebeu apenas uma solicitação de documentos e está à disposição para fazer os ajustes e adaptações necessárias.

No entanto, reforça as medidas adotadas no SAMU para o enfrentamento à doença, como distanciamento social; desinfecção da base uma vez por semana, por meio da Secretaria de Serviços Públicos; uso de máscara e protetor facial para os profissionais da recepção e dispensadores de álcool em gel.

O plano de contingência para o enfrentamento ao coronavírus, inclui ainda, revestimento de toda aérea externa e corredores com material lavável para facilitar a higienização e reduzir a contaminação, e a compra de Equipamentos de Proteção Individual específicos para o atendimento aos pacientes suspeitos ou portadores da Covid-19.

Além disso, é disponibilizado em cada ambulância o “Kit Covid” e um reserva para dar celeridade aos atendimentos, e protetores impermeáveis.

O Governo Municipal pontua que não há infraestrutura comprometida na base do SAMU. No dia da inspeção, foi sinalizado um fio exposto, mas que não apresenta riscos. O órgão já está providenciando o ajuste.

OUTRAS NOTÍCIAS