Sargento que exalta Deus durante exercício militar será investigado pela PM; veja o vídeo

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

Um vídeo que viralizou na internet causou polêmica após instrutor da Polícia Militar comandar um exercício de ordem-unida como se fosse um pastor. O sargento citou passagens bíblicas e exaltou Deus durante o exercício com a tropa.

O fato ocorreu na 11ª Companhia PM, em Montes Claros, Minas Gerais. Segundo nota assinada pelo comandante-geral do 11º regimento de Polícia Militar (RPM), coronel Wanderlúcio Ferraz dos Santos, o fato está sendo apurado, informa o site Estado de Minas.

Veja a nota, na íntegra:

“Chegou ao conhecimento deste Comando Regional, por meio de um vídeo postado em redes sociais, a realização de exercícios de ordem-unida, na 103ª Companhia de Ensino e Treinamento, subordinada ao Estado-Maior desta 11ª RPM, supostamente em desacordo com o preconizado nos manuais da PMMG.

Informações preliminares imputam que a ação foi de iniciativa e conduzida deliberadamente por um militar pertencente à referida Companhia, sem que tenha sido planejada ou aquiescida pelo respectivo Comando.

Ressalte-se que assim que tomou conhecimento, o Comandante da Unidade determinou, de pronto, a instauração de procedimento para apuração dos fatos. Reafirmamos que a Polícia Militar ratifica o seu respeito à pluralidade de crenças para a manutenção da democracia e dos direitos individuais e coletivos, e não coaduna com ações que tentam sobrepor a esse princípio constitucional.”

O vídeo

No vídeo, o instrutor está em um pedestal e fala aos policiais. Começa citando a PM, e em seguida, cita versículos e como se fosse um pastor.

“Esse é o dia que o senhor fez. Por isso devemos estar alegres, felizes, porque ele nos abençoou e nos trouxe até aqui. Entendido? Façam continência ao Senhor”, diz.

“Não se esqueçam que foi o Senhor que abriu as portas para que estejamos aqui hoje. Toda autoridade é instituída por Deus, e vocês, como autoridade policial militar, são servos do Senhor altíssimo, para fazer a vontade de Deus”, continua.

“Em homenagem ao Deus todo poderoso, vamos fazer flexão”, ordena. Quando os policiais flexionam o braço para baixo, têm de gritar “Deus é bom”. E quando erguem novamente: “O tempo todo.”

Fonte: Guia-me com informações de Estado de Minas

OUTRAS NOTÍCIAS