Versículo do dia
Estas coisas vos escrevi, para que saibais que tendes a vida eterna e para que creiais no nome do Filho de Deus.

Satanista tenta interromper culto, mas acaba se rendendo a Jesus: “Isso é incrível”

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

O satanismo é uma expressão religiosa que na atualidade assumiu diversas características, entre elas a do ativismo político e até filosófico, diferente da imagem hollywoodiana geralmente associada a rituais bizarros repletos de simbolismo.

Na essência, porém, o satanismo tradicional e o moderno são os mesmos. Quer na sala de aula de uma universidade ou dentro de um Templo Satânico, de fato, a visão do satanista concentra a ideia de que todo ser humano é um “deus” em potencial, razão pela qual se opôr ao Deus cristão é algo comum para os adoradores do demônio.

Um fato ocorrido na última segunda-feira (10) em Seattle, Estados Unidos, exemplifica o que seria o satanismo em sua versão político-ideológica. Na ocasião, um grupo de pelo menos 30 seguidores de Satã resolveu tentar impedir a realização de um culto cristão ao ar livre.

Para isso, eles gritaram e quebraram parte dos equipamentos utilizados pelos cristãos, como instrumentos musicais e outros eletrônicos de som. Apesar disso, o culto não parou. O número de cristãos era bem maior e todos continuaram dançando, louvando e orando a Deus, o que frustrou os satanistas-ativistas, os quais levaram cartazes para protestar contra o evento.

Satanista se converte
O episódio foi relatado pelo líder de louvor da Bethel Church, Sean Feucht, responsável pela iniciativa do evento. Ele publicou o relato feito por um pastor que também integra o grupo de cristãos.

“Um satanista em Seattle nasceu de novo depois de vir para o evento. O pastor Nathan, de Seattle, acabou de confirmar para mim. Jesus ama os satanistas”, disse Sean em sua mensagem de texto. Em resposta, Feucht celebrou: “Isso é tão incrível! Jesus!”

O líder de louvor ressaltou que o resultado da ação, apesar das dificuldades, mostra o quanto Deus atua com objetivos específicos, revelando que no final das contas Seu grande objetivo sempre é salvar vidas.

“Não é sobre nossos nomes, nossas marcas, nossa música legal, mas é sobre isso… almas! Ele está se movendo pela América! É hora de trocar seu medo pela fé! Jesus é muuuuito bom!”, conclui Sean, segundo o Guiame.

Gospel +

OUTRAS NOTÍCIAS