Sedeso orienta pré-selecionados do residencial Parque da Cidade

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

142015121415Promover a integração social entre os futuros moradores, além de orientar sobre direitos e deveres. Esse é o principal objetivo do Programa de Convivência Social e Cidadania da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (Sedeso), que na terça-feira, 31, chegou ao residencial Parque da Cidade, do programa Minha Casa, Minha Vida, e conta com 932 unidades.

 
O residencial, localizado nas proximidades do conjunto Feira 7, já está pronto e as famílias aguardam apenas a análise, pela Caixa Econômica, da documentação apresentada. Ainda na condição de pré-selecionados muitos deles fizeram questão de comparecer à reunião organizada pela Sedeso, no Parque da Cidade Frei José Monteiro Sobrinho, para o primeiro contato com a equipe técnica da Prefeitura que trabalha para promover a integração social entre os futuros moradores.

 

“Essa não é uma ação pontual, isolada, que termina agora. Nós chegamos antes deles receberem as chaves das casas e apartamentos e continuamos o trabalho de orientação até um ano após a entrega das unidades, quando eles já estarão devidamente orientados”, explica Rita Sílvia Machado, técnica social do projeto.

 

Fazem parte do cronograma de atividades a realização de cursos e oficinas de corte e costura, artesanato, pintura em tecido, dentre outros ofícios, visando a geração de renda, além do Bolsa Família.

 

Outras atividades previstas são palestras sobre a saúde da mulher e do homem, comemoração de datas festivas como Natal e São João, e trabalhos sócio-educativos com leitura e escrita para as crianças, além de atenção ao idoso. Também assessoramento na organização geral e na segurança do residencial.

 

ATIVIDADES FÍSICAS

 

“Aqui estão pessoas de diferentes regiões de Feira de Santana que vão passar a residir no mesmo local e precisam se conhecer para uma convivência saudável”, lembra o professor de educação física Alex Bacelar Oliveira, que orientou o grupo em diversas atividades físicas, finalizando com uma caminhada pelo parque. “Além de uma casa para morar, vão ter aqui ao lado do residencial um espaço apropriado para cuidar da saúde com atividade física”, destaca.

 

A dona de casa Selma Maria Souza da Conceição, uma das inscritas e pré-selecionadas, diz que gostou muito de toda a programação e está contando os dias para se mudar. “Tenho certeza que vou ser muito feliz aqui”, prevê.

OUTRAS NOTÍCIAS