Versículo do dia
Segui a paz com todos e a santificação, sem a qual ninguém verá o Senhor.

Segunda temporada da série A Bíblia estreia essa semana na TV Record

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

01A minissérie A Bíblia ganhou uma nova temporada e agora os episódios chegam à TV aberta no Brasil pela Record, que mostrará os doze episódios com exclusividade.

 

A série foi um dos maiores sucessos da TV nos Estados Unidos em 2013, atraindo mais de 14 milhões de telespectadores apenas na estreia, em 2012. Agora, a nova temporada será transmitida às terças-feiras, 23h00.

 

A nova temporada é baseada na vida de Jesus, mostrando as lutas que os discípulos enfrentaram para propagar os ensinamentos do Mestre em meio ao sofrimento da população e às opressões do Império Romano.

 

Nessa temporada, Jesus é interpretado pelo ator argentino Juan Pablo Di Pace. O nascimento do cristianismo e a perseguição aos cristãos que ocorreu após a ressurreição de Cristo também serão abordadas.

 

O apóstolo Pedro, interpretado por Adam Levy, é o protagonista da série, acompanhado por outros líderes cristãos da época, como o apóstolo João, Maria (mãe de Jesus), Pôncio Pilatos, Caifás, Maria Madalena e Saulo de Tarso, que viria se tornar o apóstolo Paulo.

 

Idealizada pelo casal cristão Mark Burnett e Roma Downey, a série foi um sucesso mundial. A segunda temporada, gravada no deserto do Marrocos, norte da África, teve a pós-produção feita com efeitos especiais usados nos filmes destinados aos cinemas.

 

Um grupo de teólogos e estudiosos foi contratado para ajudar como consultores dos roteiristas, de forma que a série fosse fiel aos fatos da época. “Parte do que esperava conseguir com a série era mostrar que a Bíblia não é simplesmente uma coleção de histórias desconexas que são frequentemente discutidas e analisadas em trechos com capítulos e versículos. Em vez disso, queríamos mostrar como o Antigo Testamento conecta-se perfeitamente com o Novo Testamento. Como as histórias são arrebatadoras e com uma mensagem primordial: Deus ama cada um de nós como se fôssemos a única pessoa em todo o mundo para amar”, afirmou Burnett.

 

GOSPEL+

OUTRAS NOTÍCIAS