Versículo do dia
Sonda-me, ó Deus, e conhece o meu coração; prova-me e conhece os meus pensamentos. E vê se há em mim algum caminho mau e guia-me pelo caminho eterno.

Seis residenciais do Minha Casa, Minha Vida em fase de conclusão em Feira

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

Entrega Unidades do Minha Casa Minha Vida-fotos Jorge Magalh_es (15)_1Seis empreendimentos do programa Minha Casa, Minha Vida Vida em Feira de Santana estão em fase final de construção e serão entregues aos moradores ainda este ano. O residencial Alto do Rosário é o maior deles, com 1.620 unidades.

 

Outros cinco já estão com os recursos garantidos até a conclusão das obras. São os residenciais Parque da Cidade, Asa Branca V, Parque dos Coqueiros, Caraíbas, na região do Campo do Gado Novo, e o Alto do Rosário Transição, que seria destinado ao mercado imobiliário comum e foi incorporado ao programa.

 

O Minha Casa, Minha Vida se mantém vivo em Feira de Santana apesar de cortes no orçamento do governo federal. “Isso é fruto de planejamento”, explica o secretário municipal de Habitação e Regularização Fundiária, Sandro Ricardo.

 

“Estamos avançando na diminuição do déficit habitacional. Feira de Santana hoje é considerada modelo para o país na área. Tanto pela observação dos critérios que norteiam a política habitacional, quanto pela garantia da infraestrutura em saúde, educação e transporte, que ficam a cargo do município”, destaca Sandro Ricardo.

 

Em pouco mais de três anos, Feira de Santana atingiu a marca de 12 mil unidades já entregues. Foram 22 empreendimentos concluídos até agora. O município somou mais de 48 mil pessoas beneficiadas com a realização do sonho da casa própria e promoveu uma forte atividade econômica no comércio com a compra de material e as construções confiadas â mão de obra e empresas locais, três delas avaliadas pelos contratantes entre as cinco melhores do país.

 

TRANSPARÊNCIA

 

Feito o diagnóstico de demanda, a Prefeitura formaliza a reivindicação junto ao Ministério das Cidades. Também fica sob a responsabilidade do município o cadastramento e a pré-seleção de mutuários para análise pela Caixa Econômica ou Banco do Brasil que financiam os projetos. A pré-seleção é totalmente eletrônica e acompanhada por representantes do Ministério Público, Câmara de Vereadores, associações de moradores, Conselhos, imprensa e quem mais desejar testemunhar a lisura do processo.

 

Secom

OUTRAS NOTÍCIAS