Versículo do dia
Portanto, cada um de nós agrade ao seu próximo no que é bom para edificação.

Seita aguarda volta de Jesus trancada em vilarejo

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

xseita-320x180.jpg.pagespeed.ic.OGhArJkJixCerca de 650 pessoas estão vivendo em um vilarejo na Nicarágua esperando o arrebatamento. Elas fazem parte da seita “O corpo místico de Cristo” e a situação em que elas vivem despertou o interesse da imprensa.

 
Uma jornalista nicaraguense teve autorização para visitar o vilarejo El Viejo, em Chinandega, e relatou que os membros da seita vivem de forma precária, principalmente as crianças e adolescentes.
“Há ali mais de 600 pessoas, muitos adolescentes e crianças em estado vulnerável e todas amontoadas”, disse Carol Munguía em entrevista a BBC.

 

Além de nicaraguenses, a seita atraiu fiéis de El Salvador, Guatemala e Honduras. Eles são coordenados por 11 pastores que moram em casas de cimento, com computadores e acesso à internet enquanto que os fiéis vivem “amontoados em cabanas feitas com folhas de palmeira, plástico e madeira e dormem em redes”.
As crianças não vão à escola e tão pouco têm acesso a tratamentos de saúde. A jornalista afirma que muitas estão com catapora, mas os adultos não permitem que elas sejam atendidas pelas brigadas médicas que o governo enviou para a região.

 

“Existe o perigo de que haja um surto epidemiológico, mas eles insistem que têm um único salvador: Jesus”, revela a jornalista.
Por conta do estado de saúde das crianças, o governo nicaraguense estuda uma intervenção no local. A primeira-dama, Rosario Murillo, é a favor da liberdade religiosa, mas entende que o bem-estar das crianças também precisa ser respeitado.

 

A ministra da Família, Adolescência e Infância, Marcia Ramírez, esteve na semana passada para monitorar a situação pensando principalmente nos menores.

 
Os membros da seita estão no local há dois meses esperando pelo arrebatamento. A seita existe há dez anos e há a crença de que o Espírito Santo virá arrebata-los nos próximos meses.

 
As autoridades prenderam o pastor Javier Sánchez, líder do movimento, no final de semana passado quando ele estava entrando no país vindo de Honduras com outros pastores e seus parentes. O próximo passo do governo pode ser a intervenção no vilarejo.

 

Gospel Prime

OUTRAS NOTÍCIAS