Versículo do dia
Seja a vossa equidade notória a todos os homens. Perto está o Senhor.

Senai e Sesi têm sete mil vagas em cursos de qualificação; veja como se inscrever

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

_91547960_8920f2f6-f288-4408-aa4d-6bff97d5031d

Em um cenário de poucas oportunidades de emprego, a formação técnica pode ser o melhor caminho no mercado de trabalho. Dados do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial na Bahia (Senai-BA) apontam que mais de 60% dos alunos dos cursos técnicos já saem das aulas com o emprego garantido. Para quem quer se especializar e buscar uma dessas oportunidades, a entidade está com inscrições abertas e oferecendo 5.410 vagas nas modalidades presencial e a distância, das quais 1.082 são gratuitas.

 

Também parte do Sistema Fieb, o Serviço Social da Indústria (Sesi Bahia) tem mais de 2 mil vagas de ensino a distância (EaD) gratuitas para maiores de 18 anos interessados em concluir os ensinos fundamental 2 e médio. Desse total, 105 oportunidades são de vagas no curso de Educação de Jovens e Adultos Profissionalizante.

 

Outro ponto positivo dos cursos técnicos é que eles são mais rápidos, encurtando o tempo de acesso ao mercado de trabalho. “Nossos cursos têm no máximo dois anos e são focados nas demandas de cada região”, pontua Patrícia Evangelista, gerente de Educação do Senai-BA.

 

As bolsas, tanto para o curso presencial quanto EaD, serão destinadas a estudantes de baixa renda que tenham obtido 550 pontos ou mais no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) nos últimos quatro anos. Os candidatos que quiserem concorrer a uma vaga gratuita têm até o dia 30 de novembro para realizarem a inscrição. Para os demais, as inscrições podem ser feitas até o dia 20 de dezembro por meio do endereço eletrônico www.tecnicosenai.com.br.

 

As inscrições para os cursos de conclusão do ensino fundamental 2, médio e EJA Profissionalizante podem ser feitas no site fieb.org.br/sesi/educacao. As vagas da EJA EaD Profissionalizante são para os cursos de Montador e Reparador de Microcomputadores, Instalador Hidráulico e Montador de Sistemas de Construção a Seco. “Os cursos têm como objetivo suprir uma demanda que é da própria indústria, uma vez que 37% dos trabalhadores não têm educação básica completa”, pontua a assessora de Educação de Jovens e Adultos do Sesi, Gisele Freitas.

 

TRIBUNA FEIRENSE

OUTRAS NOTÍCIAS