Simulação de ritual realizado contra Bolsonaro expõe tensões

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

Com a proximidade do primeiro turno das eleições, a campanha contra o candidato Jair Bolsonaro (PSL) do movimento feminista tem mobilizado as redes sociais. No entanto, algumas ativistas mais radicais resolveram se valer de uma simulação de ritual nas instalações de uma universidade federal para protestar contra o líder das pesquisas.

 

Um curto vídeo que circula nas redes sociais mostra uma roda de mulheres no Campus de Pontal, da Universidade Federal de Uberlândia (UFU), em Minas Gerais, em volta de um caldeirão em chamas, gritando “Ele não”.

 

O ato, que remete ao conceito do que seriam rituais, circulou nas redes sociais, causando manifestações de apoio e repúdio, uma vez que a população brasileira demonstra estar dividida entre os que reprovam Bolsonaro e se posicionam a favor de seus adversários, e os que apoiam o deputado federal que foi vítima de uma facada em Juiz de Fora (MG).

Assista à simulação  contra Bolsonaro:

https://www.youtube.com/watch?v=Aow6tUG5pQs

Gospel +

OUTRAS NOTÍCIAS