Notícias

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 31/01/2019

SMT realiza pavimentação asfáltica na região da Praça Winston Churchil

Começou na manhã desta quarta feira, 30, mais uma intervenção realizada pela Superintendência Municipal de Trânsito para o ordenamento do tráfego na região da Praça Winston Churchil. A pavimentação asfáltica vai permitir a sinalização horizontal, vertical e demarcações necessárias para a organização do trânsito no local.

 

As Ruas Franklin Roosevelt e Prudente de Morais serão asfaltadas até a Avenida Santo Antônio. A Rua Filinto Marques Cerqueira receberá a pavimentação até a Avenida Getúlio Vargas.

 

A intervenção tem previsão para ser concluída no final desta semana. Após a conclusão da pavimentação asfáltica, toda a região será sinalizada, e em especial a Rua Palmeira que passa em frente ao colégio Acesso, com faixa de pedestre, área de embarque e desembarque para receber o projeto Via livre, educação para seguir.

 

Esta será a quarta intervenção do Projeto Via Livre, realizado através do núcleo de educação para o trânsito da SMT com o apoio dos setores de engenharia e operação. Ele já acontece nos colégios Padre Ovídio, Colégio e curso pré vestibular Acesso na Comandante Almiro, Gênesis e agora no chamado Acessinho. Esta intervenção diminui de forma significativa o impacto no trânsito para toda a comunidade localizada na região das unidades de ensino.

 

O comerciante Luiz Araújo tem um estabelecimento na praça desde 1988. Para ele a mudança chegou no momento certo. “Esta intervenção é muito importante no ponto de vista da educação do trânsito e desenvolvimento da região. A comunidade já clamava a prefeitura por isso. Eu parabenizo a SMT por esta ação e espero que seja replicada em outras regiões de Feira de Santana”, comenta.

 

Para o Superintendente Municipal de Trânsito, Mauricio Carvalho, esta ação vai beneficiar toda a população. “Nossa intenção é proporcionar um trânsito seguro para a nossa cidade, mas sabemos que estas intervenções também colaboram para os moradores e comerciantes da região. Mais do que prestação de contas, nós estamos investindo os recursos das multas em benefício de uma melhor qualidade de vida para a própria população”.

 

Secom