Versículo do dia
O Espírito do Senhor Jeová está sobre mim, porque o Senhor me ungiu para pregar boas-novas aos mansos; enviou-me a restaurar os contritos de coração, a proclamar liberdade aos cativos e a abertura de prisão aos presos.

“Só Deus sabe o que passei”, diz Sikêra Jr. após se recuperar da Covid-19

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

O popular apresentador Sikêra Jr. se recuperou da Covid-19, retornou ao comando de seu programa na televisão e disse que só Deus sabe como sofreu durante o período em que precisou ficar sob cuidados médicos.

Aos 52 anos, Sikêra Jr. está no auge da carreira profissional, com seu programa Alerta Nacional sendo transmitido em rede para todo o país pelas emissoras A Crítica e RedeTV!. Conhecido como um dos críticos da política de confinamento adotada por diversos governadores e prefeitos, ele se viu no centro de uma polêmica depois de ter sido infectado pelo novo coronavírus.

Ele retornou ao comando de seu programa na última segunda-feira, 25 de maio, antecipando em dois dias a volta que estava programada para a próxima quarta, 27. Espalhafatoso, entrou no estúdio dirigindo uma empilhadeira e, ao falar de sua recuperação, se ajoelhou para agradecer a Deus por vencer a doença.

“Só Deus sabe o que é passar por essa doença. É terrível, terrível, terrível. Só Deus sabe o que eu passei. A tal da Covid-19 é tão miserável”, disse ele. “Algumas pessoas disseram ‘ele pagou com a língua, subestimou a doença’. Eu achei realmente que era uma coisa mais simples, não é! Mas vou manter minha palavra, se você pode ficar em casa, fique. Se você não pode, faça como eu e vai trabalhar. Ninguém pode morrer de fome nesse país”, acrescentou.

Em entrevista ao portal F5, Sikêra Jr. admitiu que sentiu medo durante o período que sofreu com a doença, mas que ela o motivou a se cuidar mais: “Tenho um filho de três anos e uma neta de três anos, olhava para eles e pensava no futuro deles sem pai, sem avô. Agora eu me exercito, tenho alimentação balanceada”, disse o apresentador.

Ele não foi o único em sua família a contrair a Covid-19: todos os seus familiares foram diagnosticados positivamente, mas Sikêra Jr. foi o que enfrentou o estado de saúde mais grave. Nas redes sociais circulou uma foto dele usando máscara de oxigênio em sua cama, e o registro acabou viralizando durante o tempo em que esteve afastado.

Contrariado por conta da foto que vazou, disse que seguiu um tratamento padrão e não chegou a ter nenhum tipo de comprometimento em seus pulmões por conta da Covid-19.

Conhecido por ser um apoiador do presidente Jair Bolsonaro, Sikêra Jr. também criticou quem fala mal sobre o uso da cloroquina no tratamento da Covid-19 – que foi usada no tratamento, por exemplo, do médico Roberto Kalil Filho, assim como outros pacientes de clínicas e hospitais particulares – e revelou que ele próprio tomou: “Quando falamos em liberar remédio, dizem não ser comprovado. Querem forçar que maconha, cannabis cura, mas cloroquina, não”, desabafou.

Gospel +

OUTRAS NOTÍCIAS