Destaques

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 02/08/2018

Técnicos da Secretaria de Meio Ambiente identificam nascentes na Rocinha

Dando continuidade ao projeto “Nascentes Vivas”, técnicos do Departamento de Educação Ambiental, da Secretaria Municipal do Meio Ambiente e Recursos Naturais (Semmam), estiveram no bairro Rocinha, na manhã de quarta-feira, 1º de agosto.

 

No local identificaram e fizeram o georreferenciamento das nascentes que sobreviveram à ação do homem. Eles contaram com a ajuda de moradores mais antigos que relataram as ruas onde existia chafariz.

 

Em duas horas de trabalho, encontraram duas nascentes vivas e outras duas foram aterradas. No local foram construídas residências. A identificação das nascentes transcorreu até o final do dia.

 

A partir da identificação será elaborado um plano de recuperação com a limpeza e a arborização do local.

 

Uma das dez nascentes vivas do município, que já foram identificadas e já recuperada pela Prefeitura, foi a nascente da Fonte dos Milagres, localizada no bairro Gabriela. As demais serão recuperadas gradativamente.

 

Outras nascentes identificadas

 

Segundo o chefe do Departamento de Educação Ambiental, João Dias, as demais nascentes já identificadas são: Fonte do Lili e do Filipe, ambas na Queimadinha; a nascente do conjunto Cordeirópolis, na avenida Fraga Maia, da Balança, no Parque Getúlio Vargas, além de duas nascentes situadas no São João do Cazumbá.

 

Projeto também contempla distritos

 

“As nascentes serão recuperadas gradativamente. A próxima será do conjunto Cordeirópolis”, afirma João Dias, acrescentando que no projeto constam a construção de uma praça, serviços de urbanização e arborização.

 

Ainda conforme João Dias, o projeto “Nascentes Vivas” também contempla os distritos. Na próxima semana, a equipe vai se deslocar para a Terra Dura, no distrito de Humildes.

 
Secom