Versículo do dia
Um novo mandamento vos dou: Que vos ameis uns aos outros; como eu vos amei a vós, que também vós uns aos outros vos ameis.

“Tem gente que nasceu para ser engenheiro, eu sou pedreiro”, diz Alexandro

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

RTEmagicC_5d66335192.jpgA história de Alexandro no Bahia começou confusa. Anunciado para resolver o problema do ataque, já que Léo Gamalho não conseguiu agradar, o jogador realizou os exames médicos, mas na hora de assinar o contrato recebeu uma proposta dos Emirados Árabes e deixou o Fazendão. Dias depois o negócio no Oriente não vingou e jogador foi novamente anunciado pelo Esquadrão. Confusões a parte, Alexandro entrou no time do Bahia e não saiu mais.

 

O jogador já tem dois gols com a camisa tricolor, mas o que chama a atenção é a disposição durante os jogos. Com ele não tem bola perdida. Alexandro afirma que essa é uma das suas características e promete ainda mais empenho nos próximos jogos e quem sabe até um gol, o que ainda não aconteceu jogando na Arena Fonte Nova.

 

“Nas primeiras entrevistas eu falei que eu me entrego de corpo e alma. Essa vai ser minha marca. Tem gente que nasceu para ser engenheiro e tem gente que nasceu para ser pedreiro. Eu sou pedreiro. Vou para o combate mesmo, não desisto da jogada, as vezes não sai o gol, mas me entrego, dou carrinho, bato em zagueiro se tiver que bater, eu visto mesmo a camisa do Bahia, dou meu sangue pelo Bahia. Essa vai ser a minha marca”, explicou o atacante em entrevista ao Jornal da Manhã.

 

Ao lado de Kieza, que participou do treino da última segunda-feira (17), Alexandro vai formar o ataque do Bahia contra o Sport. Ele projeta um duelo difícil contra os pernambucanos, mas garante que não vai faltar raça. Caso passe do Rubro-Negro, o Bahia vai enfrentar um time argentino na próxima fase da Sul-Americana. O adversário vai sair do confronto entre Huracán x Tigre.

 

“Um jogo difícil. O Sport está sendo a sensação da Série A, mas nosso time está tranquilo. Vamos procurar a vitória, e minha vontade não vai faltar. Pode faltar até um pouco de técnica, mas vontade não vai faltar. E quem sabe até um golzinho, que eu estou devendo dentro de casa”, afirmou Alexandro.

 

(Foto: Nuno Guimarães/Estadão Conteúdo)

OUTRAS NOTÍCIAS