Tensão no meio evangélico: Vice-Presidente da Associação de Pastores joga na cara do prefeito Colbert apoio nas eleições: “Merecemos no mínimo um pouco de atenção para a Marcha para Jesus”; Veja o vídeo

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

O pastor alega ter pedido votos e demonstra decepção

O clima entre os pastores e o prefeito Colbert Martins demonstram sinais estarem abalados em decorrência da realização da Marcha para Jesus em Feira de Santana marcado para o final do mês, dia (30) de julho.

O relato dos pastores Edson Mello (presidente da AME) e Ricardo Barbagelata (vice) no programa apresentado por Denivaldo Costa na rádio Cidade no último sábado (9), deixa bem claro a situação de descontentamento contra a administração pública.

A Associação dos Ministros Evangélicos de Feira que já teve mais de 600 líderes, conforme último levantamento. O grupo vive um clima de desconfiança com a administração Municipal, em relação aos trâmites finais da festa que está no calendário do município.

Com a indicação do nome do cantor Antônio Cirilo para a festa já apresentada, os líderes seguem desconfiados, apesar da palavra sinalizada pelo pelo gestor público.

Veja o vídeo da entrevista com  Denivaldo Costa

Edson Melo ressaltou que entende os trâmites burocráticos, apesar do ofício ter chegado ao Paço Municipal no início no dia 25 de maio, ainda segue apreensivo como os colegas, pois o trajeto e as bandas já foram selecionadas, mas sem o aval do Poder Executivo como trio e estrutura, já se pensa em um plano B.

Por telefone, o vereador Valdemir Santos relatou que desconhece a denominada ‘trava contra a Marcha para Jesus’, apesar de confirmar a existência de secretários que não gostam dos evangélicos.

Eles vão ter que engolir, pois nós povo de Deus ajudamos a eleger Colbert Martins e se não fosse isso, eles não estariam nos cargos“, disparou o vereador que se comprometeu em agilizar a resposta, apesar de ter ouvido do próprio Colbert que “estava tudo bem”.

Fonte: Portal Cidade Gospel com informações de Denivaldo Costa

 

OUTRAS NOTÍCIAS