Versículo do dia
O qual, sendo o resplendor da sua glória, e a expressa imagem da sua pessoa, e sustentando todas as coisas pela palavra do seu poder, havendo feito por si mesmo a purificação dos nossos pecados, assentou-se à destra da Majestade, nas alturas.

Timbaland revela libertação do vício após risco de morte: ‘Deus reconstruiu meu caráter’

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

O produtor e rapper Timbaland construiu uma carreira de sucesso no mercado musical dos Estados Unidos, mas esteve à beira da falência e se tornou dependente de remédios. Agora, depois de um período de reavaliação da própria vida, afirmou numa entrevista que Deus reconstruiu seu caráter.

 

Aos 47 anos de idade, ele contou detalhes de sua vida e das mudanças que tem abraçado ao longo dos últimos anos em uma entrevista à revista Men’s Health, voltada ao público masculino e centrada em temas ligados à saúde.

 

Sua carreira de sucesso da década 1990 e começo dos anos 2000 cobrou um alto preço em sua vida pessoal. Ele foi a figura por trás da ascensão de nomes como Beyoncé, Rihanna, Jay-Z, Drake, Missy Elliot e Justin Timberlake.

 

A conta chegou em 2013, quando divorciou-se de sua esposa. Um problema dentário dois anos antes fez com que ele passasse a usar analgésicos prescritos por médicos, o que o levou ao vício.

 

O processo de divórcio trouxe grande desgaste, e as dívidas de US$ 4 milhões causadas por dívidas com a Receita Federal o fizeram mergulhar no uso dos comprimidos de oxicodona. “Isso me deu uma grande sensação de não me importar, de apenas estar livre”, disse o músico, referindo-se ao vício.

 

Timbaland acrescentou que ao usar os remédios, dizia pra si mesmo que era a forma mais fácil de evitar os problemas: “Estou viajando, fazendo shows, me divertindo, apenas sendo inocente”.

 

Em dado momento, Timbaland passou a tomar comprimidos “acima do limite”, o que o levou a temer a morte após uma overdose. Na luta para se livrar do vício, ele decidiu buscar um tempo “a sós com Deus”.

 

“Esse foi o caminho escolhido por mim. Deus estava reconstruindo meu caráter”, afirmou, acrescentando que atravessar esse período foi “uma das coisas mais difíceis” pelas quais ele já havia passado.

 

Desde então, ele passou a se dedicar a cuidar da própria saúde frequentando a academia. Ao longo dos últimos cinco anos, deixou de consumir os remédios nos quais se tornou viciado e perdeu 50 quilos. “Deus está reconstruindo, ainda estou em construção. Não sinto que estou completo. Não quero sentir que estou completo, porque minha mente provavelmente ficará ociosa”, avaliou.

 

“Deus precisava que eu fosse claro para que eu pudesse ver o que é necessário, não o que eu quero”, resumiu Timbaland.

 

Em uma entrevista anterior ao jornal The New York Times, ele contou que cresceu na igreja e que agora vê como a obra de Deus se realizou em sua vida ao longo dos anos, em passos lentos: “Eu sou muito religioso, então vou colocar isso nesses termos, Deus trabalhou em mim. Essa é a melhor forma de descrever. Deus trabalhou bastante em mim, e quando eu olhei no espelho, vi uma pessoa diferente. Eu vi mudanças”.
Gospel +

OUTRAS NOTÍCIAS