Notícias

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 31/10/2018

Tourinho apresenta semelhança entre os hinos da cidade de Feira de Santana e de Flores

Em pronunciamento, na sessão ordinária desta terça-feira (30), na Casa da Cidadania, o edil, Roberto Tourinho (PV) tratou sobre a semelhança entre o Hino de Feira de Santana e o Hino da cidade de Flores, interior de Pernambuco e pediu aos historiadores de Feira de Santana que apurem a possibilidade de plágio.

 

“Quando moramos em Feira de Santana temos amor pela cidade, falamos com entusiasmo e que é a segunda maior cidade do estado da Bahia e o maior entroncamento rodoviário do Norte e Nordeste, dentre outras qualidades, mas sem dúvidas o que mais nos emociona é quando ouvimos o hino da cidade. Aqui, todas as solenidades são encerradas com o hino. Em estudos realizados, o pesquisador Carlos Melo afirma que ele foi escrito por Georgina Erisman em 1928, já o professor Oscar Damião garante que foi em 1930”, pontuou Tourinho.

 

E continuou. “Trago estas informações porque existe uma cidade no interior de Pernambuco, chamada Flores, que tem 160 anos de fundada. Feira tem 185 anos de fundação. Digo isso porque o amigo Hiram Freire, fazendo o estudo, constatou que o Hino de Flores é praticamente igual ao de Feira de Santana”, revelou. Tourinho comparou os hinos fazendo a leitura das estrofes.

 

“Não conseguimos saber o ano em que o Hino de Flores foi escrito. Está disponível na internet. Eu, ao tomar conhecimento, trouxe essa informação à Casa e pedi uma audiência com a diretora do Instituto Histórico e Geográfico de Feira de Santana para avaliar melhor essa situação. Há uma dúvida: nossa hino é anterior ao hino da cidade de Flores ou a cidade de Flores plagiou nosso Hino?”, questionou Tourinho.

O edil disse mais que, seja lá o que for, isso não abala o sentimento que temos por nossa cidade. “Mas, confesso que fiquei com a mesma perplexidade que vocês estão tendo agora. Ele pode ser conferido por qualquer pessoa pela internet. Cabe aos historiadores da nossa cidade averiguar o fato. Acredito que agora nós queremos saber qual foi criado primeiro e espero que o nosso tenha sido anterior ao de Flores”, afirmou.

Em aparte, o edil Cadmiel Pereira (PSC) denominou a informação como “negócio chocante”. “Fui em busca de informação e há um blog que faz a mesma pergunta: quem plagiou quem? Peço a Vossa Excelência que faça um Requerimento à cidade de Flores, para saber o período em que hino da cidade foi criado. Acredito que assim vamos dirimir essa dúvida”, sugeriu