Destaques

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 20/08/2018

Vacinação contra pólio e sarampo prossegue até dia 31

A campanha de intensificação vacinal contra a pólio e o sarampo prossegue em Feira de Santana até o próximo dia 31, seguindo calendário a nível nacional. Neste sábado, 18, foi o Dia D, com a mobilização de toda a estrutura da Secretaria Municipal de Saúde para atingir a meta de imunização de 33 mil crianças de zero ano até 4 anos, 11 meses e 29 dias, sendo 10 mil somente hoje.

 

O Dia D foi iniciado pelo prefeito Colbert Martins Filho às 8h, no Centro Evangélico de Apoio e Acolhimento Cidade Refúgio (antigo Orfanato Evangélico), no bairro Panorama, repetindo um gesto há uma década. Ele explicou que o local é escolhido em função da grande quantidade de crianças atendidas.

 

A secretária municipal de Saúde, Denise Mascarenhas, informou que a vacinação neste sábado foi desenvolvida em todas as unidades de saúde do município, além da Secretaria (na avenida João Durval Carneiro), a Fundação Jonathas Teles de Carvalho (avenida Eduardo Fróes da Motta, bairro Santa Mônica) e o Shopping Boulevard, onde foi montada unidade de atendimento em frente ao Hiper Bom Preço.

 

Presidente da Comissão de Saúde da Câmara Municipal de Feira de Santana, o vereador Cadmiel Pereira ressaltou que a cidade é exemplo nas campanhas de imunização sempre atingindo as metas e índices de imunização preconizados pelo Ministério da Saúde.

 

Já a diretora do Centro Evangélico de Apoio e Acolhimento Cidade Refúgio, Jaci Pereira, ressaltou a importância da iniciativa de vacinação das crianças para evitar doenças e garantir que elas cresçam sadias, afastadas destas doenças.

 

Médico por formação, o prefeito Colbert Martins Filho (foto) alertou, durante o Dia D da campanha nacional de vacinação contra a poliomielite e o sarampo, para o compromisso que todos os pais devem ter em imunizar seus filhos contra doenças. “Esta é uma palavra de pai, de médico, de quem precisa ver todas as crianças imunizadas. É, acima de tudo, um ato de responsabilidade e de amor dos responsáveis pelas crianças, leva-las para a vacinação”, apelou.

 

O prefeito alertou que o dia D foi neste sábado quando todos os equipamentos da Secretaria Municipal de Saúde estiveram de plantão das 8h às 17h para atendimento às crianças. Entretanto, lembra que quem por algum motivo ainda não levou seus filhos para a imunização, tem até o dia 31 deste mês para cumprir o calendário obrigatório de vacinação.

 

A vacinação é a única forma de evitar o contágio destas doenças, que estão voltando ao país. “Precisamos que esta cobertura vacinal seja bem alta pois a única forma de prevenir é vacinar”, afirmou.

 

Vacina contra poliomielite é gesto de solidariedade do Rotary

 

A oferta de vacinas contra a pólio é um gesto repetido sempre pelo Rotary Club em todo o Brasil. E em Feira de Santana não é diferente pois a instituição internacional oferece gratuitamente ao Governo todo o medicamento a fim de garantir que a paralisia infantil se mantenha erradicada no país.

 

O gesto de solidariedade é reconhecido pelo prefeito Colbert Martins pela importância que a iniciativa tem para toda a humanidade. Ele lembra que a instituição sem fins lucrativos compra a vacina e faz a doação, para que a campanha seja sempre mantida sem interrupção.

 

Na condição de comunidade internacional que reúne líderes para superar grandes desafios, o Rotary já distribui a vacina contra a pólio em 122 países, luta que já vem sendo abraçada pela entidade desde 1985.