Esportes

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 01/10/2018

‘Veio para nos atrapalhar’, afirma Ramon sobre juiz no Beira-Rio

Como não poderia ser diferente, jogadores e comissão técnica do Vitória se revoltaram após a marcação do pênalti para o Internacional, convertido por D’Alessandro na derrota por 2×1, na tarde deste domingo (30), no Beira-Rio, em Porto Alegre. A revolta culminou na expulsão do auxiliar técnico Rodrigo Carpegiani e do atacante Neilton.

 

O zagueiro Ramon também fez questão de demonstrar a insatisfação com o ocorrido em campo. “A gente veio para conseguir os três pontos, mas esse juiz, que não sei o nome, veio para nos atrapalhar. A gente trabalha a semana toda, não sei se foi pênalti, mas nem mão foi. Isso é uma vergonha. A gente precisa dos pontos e ele vem aqui atrapalhar. Agora é conseguir ponto a ponto para sair dessa situação”.

 

No lance em questão, o colorado Camilo cobrou falta e o atacante rubro-negro Lucas Fernandes, que estava na barreira, pulou fora da área e a bola bateu na mão dele. No entanto, o árbitro Sávio Sampaio marcou pênalti.

 

Além de Neilton, o volante Léo Gomes também não poderá atuar na próxima sexta-feira (5), diante do Santos, às 21h30, no Barradão, por ter recebido o terceiro cartão amarelo.

 

Correio (Luiz Munhoz / Estadão Conteúdo)