Destaques

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 11/09/2018

Vereador critica construção de praça próximo a Igreja Assembleia de Deus em Feira de Santana

Em pronunciamento na sessão ordinária desta terça-feira (11), na Casa da Cidadania, o edil Edvaldo Lima (PP) criticou o mau atendimento prestado por assessores do Gabinete do prefeito municipal Colbert Martins Filho. O vereador afirmou que agendou uma reunião com o gestor para tratar sobre um terreno no bairro Cidade Nova, doado pelo então prefeito Colbert Martins para a igreja Assembleia de Deus. Edvaldo reclamou que o encontro foi desmarcado na última hora.

 

O vereador do PP esclareceu que a igreja não utilizou o terreno em sua totalidade deixando um espaço para o Município construir uma praça. Segundo ele, a instituição religiosa reivindica uma parte do espaço para o estacionamento de veículos. “Os evangélicos de Feira de Santana têm representantes nesta Casa. Nunca me furtei de usar esta tribuna para defender nossos princípios, sobretudo, a igreja Assembleia de Deus, que me elegeu. No tocante ao terreno, a igreja só quer um espaço para o estacionamento. O terreno nos foi doado e deixamos espaço suficiente para ser usado para outros fins. Queremos ser respeitados. Não invadimos nada”, protestou.

 

Claramente irritado com o ocorrido, Edvaldo Lima reivindicou providências por parte do prefeito. “Peço ao prefeito Colbert Martins que reveja os seus assessores. Eu me senti muito desrespeitado. Me colocaram como mentiroso. Eu agendei a reunião pessoalmente e de última hora disseram que não tinha nenhuma reunião agendada. Essa atitude foi desprezível. Tenho a minha postura como homem cristão, mas, deixo claro que não serei bonzinho e nem farei papel de palhaço. Não tenho medo. Não irei me acovardar. Vou até o fim por esta causa e peço ao líder do Governo nesta Casa que me ajude nessa missão”, concluiu.