Destaques

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 05/12/2018

Vereador Edvaldo Lima pede retirada de benefícios a ‘terreiros’ e ensino de matrizes africanas nas escolas

Foi votado e aprovado na manhã de ontem (4) na Câmara de Vereadores, os artigos de alteração do Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano e Territorial (PDDU) do município de Feira de Santana.

 

O Plano visa estabelecer e organizar o crescimento, o funcionamento, o planejamento territorial da cidade e orientar as prioridades de investimentos. O projeto foi elaborado pela Fundação Escola Politécnica da Universidade Federal da Bahia, órgão especializado.

 

De acordo com o presidente da Câmara, o PDDU foi encaminhado para a apreciação dos vereadores e, posteriormente, submetido à votação no plenário. Mas a participação com duas emendas do vereador Edvaldo Lima foi de extrema importância. Dentre elas, os benefícios que seriam concedidos a “terreiros’, não passou despercebido aos olhos do atento edil.

 

Outro fato observado pelo vereador foi a implementação de ensino de matrizes africanas nas escolas do município, fato que também foi questionado e retirado do texto, após argumentos do edil de que existe matérias importantes para o aprendizado dos alunos tais como; matemática, português, geografia, dentre outras.

 

Depois de receber o substitutivo do Poder Executivo, a Comissão Especial da Câmara Municipal foi informada da retiradas do texto, dentre outros assuntos observado também pelos membros da comissão. O relatório foi elaborado a partir das discussões nas audiências públicas e as emendas apresentadas pelos vereadores. Ao todo, foram computadas 26 emendas ao PDDU, mais 19 ao Código de Meio Ambiente e duas ao Código de Obras.

 

“O PDDU é muito importante para a cidade e, ao mesmo tempo, a lei de maior desconhecimento da população”, afirmou o vereador Edvaldo Lima, um dos integrantes da Comissão Especial, composta por mais quatro edis.

 

O vereador do PP, Edvaldo Lima revelou o desejo de ver uma Feira de Santana melhor. “Nossa cidade precisa imediatamente de atenção com relação à mobilidade urbana, em especial da avenida de Contorno. Quero deixar para meus netos uma cidade melhor, esse é o desejo de todos nós e cabe a cada um de nós fazer a nossa parte”, refletiu.

 

 

Portal Cidade Gospel