Vereador Edvaldo Lima protesta contra o uso do “todes’’; “É uma invenção do grupo LGBT, querem mudar tudo e nos fazer engolir”

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

O vereador Edvaldo Lima não concorda com expressões adotadas como a palavra “todes”, em vez de “todos”, segundo informou em tom de protesto nesta terça-feira (10), na Câmara de Feira de Santana.

O recurso – flexão de palavras utilizando as letras E ou X, ou ainda o símbolo @ – vem sendo utilizado com o objetivo de tornar o gênero neutro, atendendo a proposta do segmento LGBTQIA+, que passou a questionar a variação binária de gênero no português.

“Querem inventar uma palavra que não existe na Língua Portuguesa. É uma invenção do grupo LGBT, querem mudar tudo e nos fazer engolir”, reage Edvaldo. “Todes, para definir que não existe sexo definido, é uma afronta a Deus e à família”, afirmou, na Tribuna da Casa da Cidadania.

Edvaldo garante que não vai permitir a utilização ‘deste tipo de expressão’. “Pode parecer besteira, mas se eu me calar, amanhã, vão querer gastar dinheiro público para construir banheiros específicos, com o gênero que eles querem”.

Ascom

OUTRAS NOTÍCIAS