Vereador pastor morou em barraco debaixo da ponte do Jacuípe, ao chegar a Feira de Santana vindo do sertão

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

Um barraco sob a ponte do rio Jacuípe, foi a morada provisória do vereador Pastor Valdemir (PV), na chegada da sua família a Feira de Santana, décadas atrás. Ao completar um ano de eleito no domingo, 15 de novembro, ele fez um pronunciamento na sessão desta terça (16) da Câmara para falar das dificuldades que enfrentou nesta cidade, até chegar a se tornar um dos representantes da população na Casa Legislativa de uma das maiores cidades do país. “Colocava um vaso de água mineral para pescar camarão no rio. Comia assado, sem sal, porque não tinha dinheiro nem para comprar sal. Outras vezes, enchia uma colher de pimenta e comia para matar a fome”, relembra o vereador de primeiro mandato, natural da cidade de São José do Jacuípe, no sertão baiano.

A disputa eleitoral, ele diz, foi “árdua”. Desacreditado, disputou uma eleição diante de quase 700 concorrentes, “muita gente poderosa e de dinheiro”, e obteve a vitória “pela glória de Deus”. Pastor Valdemir diz que as mudanças em sua vida ocorreram na medida em que conheceu a palavra de Deus. “Passei muita necessidade, mas a providência do céu transformaria nossa vida e eu construiria a minha história”, afirma.

Portal Cidade Gospel, com informações da Ascom

OUTRAS NOTÍCIAS