Vereadores aprovam PL que estabelece igrejas como atividades essenciais no município

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

Os vereadores de Petrolina, no Sertão de Pernambuco, aprovaram durante sessão desta terça-feira (27) o Projeto de Lei que estabelece que as igrejas, sejam elas evangélicas, católicas e de outros credos, exerçam atividade essencial em período de calamidade pública e pandemia no município.

O projeto, de autoria dos vereadores Alex de Jesus (Republicano), Diogo Hoffmann (PSC), Josivaldo Barros (PSC) e Osinaldo Souza (MD), Capitão Alencar (Patriota) e Júnior Gás (AVANTE), foi aprovado por 17 votos favoráveis e um voto contrário, do vereador Gilmar Santos (PT).

De acordo com o projeto, as igrejas devem funcionar seguindo os protocolos de segurança contra a Covid-19. A fiscalização deverá ser feita pela Vigilância Sanitária ou órgão responsável no município.

Ainda segundo o projeto, “templos de qualquer culto possuem papel fundamental para auxiliar na propagação de informações verdadeiras e auxiliam o poder público e as autoridades na organização social em momentos de crises, pois oferecem auxílio de assistência espiritual e social, bem como orientação para o respeito às ações governamentais”.

Após a aprovação, o projeto será enviado para a sanção ou veto do prefeito Miguel Coelho (MDB).

G 1 — Foto: Rodrigo Araújo/TV Grande Rio

OUTRAS NOTÍCIAS