Esportes

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 15/07/2019

Vitória completa seis meses de temporada com só quatro triunfos

Tem dia que parece noite, verão que vira inverno e proposta que na verdade é cilada. E, no caso do Vitória, tem seis meses que, na realidade, mais parecem um pesadelo.

 

Nesta segunda-feira, 15 de julho, o rubro-negro completa exatamente um semestre de temporada. O Leão estreou em 2019 no dia 15 de janeiro, contra o CSA, em Maceió, pela Copa do Nordeste. O placar foi de 1×1.

 

Aquele empate anteciparia muito do que seria o restante da temporada do clube: sem fazer jus ao seu nome. Nos últimos seis meses, o Vitória só teve quatro vitórias. Ou seja, são mais meses que vitórias.

 

Detalhe: três destas vitórias aconteceram pelo Campeonato Baiano: 1×0 no Vitória da Conquista, 2×1 sobre o Jacobina e 4×0 no Jequié. Este último, no dia 6 de fevereiro.

 

O Vitória ficou quase três meses sem vencer. Só voltou a ganhar no dia 4 de maio, já pela Série B, com um 2×1 sobre o Vila Nova. Ou seja: essa é a única vitória do Leão nos últimos cinco meses.

 

Este retrospecto explica o que aconteceu com o time ao longo desse semestre. Foram muitas mudanças, e em todos os setores do clube. Da presidência aos jogadores, ninguém escapou da punição.

 

Em campo, a mutação foi a mais constante. Ao longo do período, nada menos que 60 jogadores foram usados em partidas oficiais – uma média de 10, ou um time inteiro de linha, a cada mês (confira a lista completa à direita).

 

Até o momento, 31 contratações foram feitas pelo Vitória, quantidade que aumenta a cada semana. A última cara nova a chegar ao Barradão foi o volante Lucas Cândido, que veio do Atlético-MG, confirmado na última sexta.

 

Dos 60 utilizados, 18 já deixaram o clube. Entre eles, cinco que foram contratados em 2019: Fabrício, Gabriel Silva, Victor Ramos, Leandro Vilela e Andrigo. Jeferson, Mateus Rodrigues, Juninho, Benítez, Arroyo, Ronald, Yago, Jhemerson, Léo Ceará, Luan, Erick, Luan Ferreira e Cléber estavam em 2018.

 

Outros três – Thales, Edcarlos e Wesley Dias –, todos contratados neste ano, permanecem afastados. Nomes como Caíque, Cedric, Welisson, Paulo Vitor, Matheus Tenório, Hebert, Matheus Farinha e Eron têm sido usados no sub-23 do clube.

 

Dos 31 reforços, três ainda não jogaram e portanto não fazem parte da estatística dos 60 utilizados. São eles o zagueiro Dedé e o volante Romisson. Além, é claro, do novato Lucas Cândido.

 

Mais instabilidade
Três técnicos comandaram o Leão, numa média de um a cada dois meses. O ano começou com Marcelo Chamusca, mas acabou demitido em 18 de março. Três das quatro vitórias foram com ele.

 

Claudio Tencati chegou no dia seguinte e ficou até o dia 19 de maio, após dois meses de trabalho. Ele só venceu o Vila Nova. Osmar Loss está no cargo desde 21 de maio e ainda não ganhou.

 

Completando o retrospecto do semestre, além das quatro vitórias, o Leão obteve 12 empates e perdeu 12 vezes. O aproveitamento parcial é de apenas 28,5%.

 

Não é à toa, portanto, que o rubro-negro fracassou – ou tem fracassado – nas competições de 2019. O clube já viveu duas eliminações precoces: na primeira fase do Baiano, após derrota para o Flu de Feira, e na primeira eliminatória da Copa do Brasil, diante do Moto Club.

 

Na Copa do Nordeste, passou para a segunda fase sem vencer e caiu nas quartas de final ao tomar uma goleada de 4×0 do Fortaleza. Na Série B, principal objetivo da temporada, o Leão está na lanterna, com quatro pontos.

 

Para finalizar, a principal troca da temporada, na presidência. Saiu Ricardo David no dia 24 de abril, dia em que foi eleito Paulo Carneiro.

 

Todos os jogos do Leão na temporada:
Campeonato Baiano

 

Vitória 1×0 Vitória da Conquista
Jacobina 1×2 Vitória
Vitória 1×1 Jacuipense
Vitória 4×1 Jequié
Bahia de Feira 2×2 Vitória
Juazeirense 1×1 Vitória
Vitória 1×2 Atlético
Bahia 0x0 Vitória
Vitória 0x2 Fluminense
Copa do Nordeste

 

CSA 1×1 Vitória
Vitória 1×1 Moto Club
Bahia 1×1 Vitória
Vitória 1×1 Ceará
Vitória 1×3 Botafogo-PB
Confiança 2×2 Vitória
ABC 0x0 Vitória
Vitória 1×1 Náutico
Fortaleza 4×0 Vitória
Copa do Brasil

 

Moto Club 2×0 Vitória
Série B

 

Botafogo-SP 3×1 Vitória
Vitória 2×1 Vila Nova
Guarani 3×2 Vitória
Vitória 1×3 São Bento
Atlético-GO 1×1 Vitória
Vitória 0x2 Bragantino
Sport 3×1 Vitória
Oeste 3×0 Vitória
Vitória 0x1 Cuiabá
Quem já jogou em 2019:
Goleiros

Ronaldo, Caíque, João Gabriel, Lucas Arcanjo e Martín Rodríguez
Laterais

 

Jeferson, Matheus Rocha, Wellisson, Cedric, Mateus Rodrigues, Capa, Juninho, Benítez, Arroyo, Fabrício, Van e Chiquinho
Zagueiros

 

Ramon, Edcarlos, Thales, Everton Sena, Bruno Bispo, Gabriel Silva, Victor Ramos, Zé Ivaldo e Suassuna
Volantes

 

Léo Gomes, Rodrigo Andrade, Leandro Vilela, Wesley Dias, Hebert, Ronald, Gabriel Bispo, Dudu Vieira, Mateus Farinha, Paulo Vítor, Matheus Tenório, Marciel e Baraka
Meias

 

Andrigo, Yago, Jhemerson, Ruy, Nickson e Felipe Gedoz
Atacantes

 

Neto Baiano, Léo Ceará, Luan, Erick, Luan Ferreira, Eron, Cléber, Felipe Garcia, Ruan Levine, Caíque Souza, Anselmo Ramon, Ítalo, Matheus Augusto, Marcelo e Wesley
Não estrearam

 

Dedé (zagueiro) e Romisson (volante)

 

Mauro Akin Nassor/ CORREIO)