Versículo do dia
O Senhor está comigo; não temerei o que me pode fazer o homem.

Você sabe usar o seu livre-arbítrio?

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

Ao homem foi dado o livre arbítrio, o qual temos como um presente que recebemos de Deus. Mas o que e como fazendo o uso dela?

Vemos em 1 Coríntios 6:12 que “Todas as coisas me são lícitas, mas nem todas as coisas convêm. Todas as coisas me são lícitas, mas eu não me deixarei dominar por nenhuma.” Nos foi dado uma liberdade de escolher e tomar nossas decisões. Com tudo, há uma linha muito fina que divide o fazer certo da maneira e vontade de Deus e fazer do nosso jeito, da nossa própria vontade e desejos realizados.

Quando lemos a Bíblia do início ao fim, ela nos mostra que o problema nunca foi Deus, o problema nunca foi o diabo, mas sim a desobediência do homem de fazer sua própria vontade e se afastar do propósito de Deus.

Sabemos que o pecado nos separa de Deus, como lemos em Isaías 59:2, pois quando pecamos saímos do Seu propósito e da Sua essência.

No livro de Tiago 1:14,15 lemos: “Mas cada um é tentado, quando atraído e engodado pela sua própria concupiscência. Depois, havendo a concupiscência concebido, dá à luz o pecado; e o pecado, sendo consumado, gera a morte.” Podemos observar exatamente que quem determina a consumação do pecado que gera a morte não é o diabo, na qual muitas vezes acusamos ou queremos dividir a culpa. Mas somos nós, que deveríamos estar sempre atentos, olhando para nós mesmos, sempre nos alinhando com Deus , para sim cumprirmos os princípios divinos e não cairmos nas ciladas de satanás, que não pode nos tocar, como vemos em 1 João 5:18: “Ora, sabemos que todo aquele que é nascido de Deus não é escravo do pecado; antes, Aquele que nasceu de Deus o protege, e não permite que o Maligno o possa tocar”. Ou seja, somente nos induzir a errar.

Os erros dos seres humanos começaram no Éden, e se estendem até nos dias de hoje. Por isso devemos saber qual é a única maneira de conseguirmos vencer nossa própria vontade e nos espelhar em Jesus, conforme a passagem onde Ele foi tentado no deserto, registrada em Mateus 4. Mesmo com tantas tentações, nas quais satanás queria fazê-lo cair, Jesus passou por cima de todas elas e se manteve fiel, tendo em Seu coração, lábios e nas Suas atitudes a fidelidade de continuar obedecendo e vivendo o propósito de Deus para o qual Ele foi chamado.

Josué 1:7,8 diz: “Tão-somente esforça-te e tem mui bom ânimo, para teres o cuidado de fazer conforme a toda a lei que meu servo Moisés te ordenou ; dela não te desvies, nem para a direita nem para a esquerda, para que prudentemente te conduzas por onde quer que andares. Não se aparte da tua boca o livro desta lei; antes medita nele dia e noite, para que tenhas cuidado de fazer conforme a tudo quanto nele está escrito; porque então farás prosperar o teu caminho, e serás bem sucedido”.

Que todos cristãos possam se esforçar a meditar, entender e a viver essa instrução de Deus. Assim desfrutarão da boa, agradável e perfeita vontade de Deus, onde além de recebermos a salvação, temos o benefício e privilégio de vivermos uma vida em abundância aqui na terra na qual Ele nos prometeu.

Por Adriane Ferretti Salvitti, pastora da Igreja Apostólica Restaurando Nações – IARN Japão, palestrante nas áreas de saúde e espiritualidade fisioterapeuta e Health Coach

Rodrigo Salvitti, pastor da Igreja Apostólica Restaurando Nações – IARN Japão, palestrante na área de espiritualidade e fisioterapeuta.

* O conteúdo do texto acima é de colaboração voluntária, seu teor é de total responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a opinião do Portal

OUTRAS NOTÍCIAS