Versículo do dia
Mas os que querem ser ricos caem em tentação, e em laço, e em muitas concupiscências loucas e nocivas, que submergem os homens na perdição e ruína.

Vozes e Gospel são portas para o futuro, dizem participantes

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

26122015103204Oportunidade para alçar voos mais altos e mais longos. Eis a definição de participantes dos festivais Gospel e o Metropolitano de Música Vozes da Terra, edição deste ano, que se apresentaram na última noite do Natal Encantado, evento promovido pela Prefeitura de Feira de Santana. Os festivais podem os levar além dos horizontes.

 

Vencedora da edição 2015 do Festival de Música Gospel, Maiana Venas disse que considera o festival um divisor de águas na sua carreira e que é importante para todos os que dele participa. Antes cantora em igreja evangélica, disse que a exposição abriu novos horizontes na rua carreira. “Abriu portas para que experimentasse o novo”. Revelou que investiu o prêmio na carreira – ganhou R$ 7 mil.

 

Vênus de Carvalho, melhor intérprete feminina neste ano, diz que o Vozes abriu os caminhos para que se lançasse na carreira solo, depois da primeira participação, em 2007. “É um espaço que deve ser bem aproveitado e onde todos devem dar o melhor de si para, assim, começar a sonhar com o prosseguimento da carreira. É, sem dúvidas, uma grande janela”.

 

O segundo lugar na primeira participação no Festival Gospel foi comemorada como uma vitória pelo cantor Glauber Bharony, que se descobriu desde cedo a sua vocação para a música evangélica. “Não é uma oportunidade boa. É excelente, principalmente em termos de visibilidade”. Outra porta, para ele, é o Natal Encantado. “É um espaço importante para todos os artistas feirenses”.

 

Mohzah Nascimento define o Vozes, que venceu neste ano, como uma vitrine com muitos interessados querendo se expor. “Às vezes o artista tem um trabalho bom mas não tem como apresenta-lo ao público. O Vozes chegou para aproximar estas partes porque todos que dele participam tem as mesmas oportunidades de ser visto”.

 

Secom

OUTRAS NOTÍCIAS