Versículo do dia
E respondeu e me falou, dizendo: Esta é a palavra do Senhor a Zorobabel, dizendo: Não por força, nem por violência, mas pelo meu Espírito, diz o Senhor dos Exércitos.

Ateus querem inscrição “Nós confiamos em Satanás” em prefeituras

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

30_12_2015__18_13_2918603b4f0764704d5da92427b7fe770f6e1cd_640x480Joy Cooper, prefeita da cidade de Hallandale Beach, Flórida, fez uma declaração polêmica ao anunciar que gostaria de colocar uma placa dizendo “Nós confiamos em Deus” diante da prefeitura.

 

Para Cooper, a medida é algo normal: “É o nosso lema nacional”, afirmou Cooper. “Passa a mensagem clara que estamos todos unidos.”

 

Como tem sido recorrente nos Estados Unidos, um grupo ateísta, liderado pelo blogueiro Chaz Stevens entrou com um pedido oficial, requerendo permissão para exibir uma faixa com os dizeres: “Nós confiamos em Satanás”.

 

Argumentando que a lei prevê a separação entre Igreja e Estado, Stevens pede que não seja feita mais nenhuma oração em reuniões oficiais. Ele cita uma recente decisão da Suprema Corte dos EUA determinou que só pode haver oração quando contemplar todas as religiões. Para o blogueiro, isso incluindo o satanismo.

 

Enquanto aguarda uma decisão de uma corte superior, iniciou uma verdadeira cruzada para que placas dizendo “Nós confiamos em Satanás” sejam colocadas em todas as cidades que tenham algum dizer religioso em propriedades do governo.

 

Em setembro, Stevens ganhou na justiça o direito de invocar o diabo toda vez que uma reunião pública fosse iniciar com uma oração a Deus no Estado da Florida. Ele alega que se isso não for acatado, comprovaria “discriminação religiosa”. “Meu projeto se chama Satanás ou silêncio. Isso resume tudo”, disse Chaz aos jornalistas na ocasião.

 

Embora pareça confuso que Chaz Stevens se declare ao mesmo tempo ateu e satanista, existe um movimento dentro do ateísmo militante que concilia as duas coisas. Para eles, Satanás não é real, mas um símbolo de tudo que se opõe a Deus. Não é um ser maléfico em oposição a um Deus bondoso. Na Bíblia Satânica, escrita por Anton LaVey (1930-1997), Satanás não pede adoração, mas que cada um viva de acordo com sua própria lei.

 
Com informações Sun Sentinel

OUTRAS NOTÍCIAS