Destaques

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 12/11/2019

Câmara comemora Dia do Pastor e do Missionário em sessão solene

Com o plenário e a galeria lotados, a Câmara Municipal celebrou, na noite desta segunda-feira (11), o Dia do Pastor e do Missionário. A solenidade presidida pela vereadora Eremita Mota de Araújo, 2ª secretária da Mesa Diretiva, foi prestigiada por representantes de várias igrejas do segmento evangélico. Mais do que uma solenidade formal, os presentes participaram de um grande momento de oração, com exaltação do nome de Deus e destaque para a missão do homem público.

 

Na saudação aos convidados e homenageados, o vereador Isaías dos Santos, autor do requerimento para realização da celebração, justificou que a solenidade foi adiada por conta do anúncio da greve da Polícia Militar, por questão de segurança. Emocionado, ele citou uma passagem do Evangelho de Lucas, capítulo 9, versículo 46, para dizer que “as maiores autoridades de Feira de Santana, hoje, dentro desta casa, são os homenageados”.

 

“Esse território é de Deus e se a Igreja do Senhor estiver presente, com certeza as decisões votadas aqui terão um peso muito maior, inclusive espiritual”, afirmou Isaías de Diogo, que falou ainda da importância da família, ao apresentar a esposa Leila, que ocupava lugar no plenário.

 

A partir da leitura do Salmo 23 – o Senhor é meu pastor e nada me faltará… – o Apóstolo Adlai Anselmo Pereira Duque da Silva, da Igreja Deus Vivo, representando a ORIGEM, iniciou a palestra que marcou a noite. Ele disse que a primeira profissão do mundo foi a de pastor e não lavrador, como as pessoas acreditam. A primeira morte na terra também foi de um pastor. “A única pessoa capaz de salvar o homem foi um pastor, Jesus Cristo”, ressaltou.

 

O Apóstolo pediu perdão por todos os escândalos protagonizados por pastores ao longo da história. “Para que isso acontecesse, uma porta foi aberta e hoje ela será fechada”, afirmou, frisando que não há autoridade maior que Deus. “Às águas profundas só Jesus pode nos levar”, disse, citando ainda o Salmo 23. “A palavra vereador vem de vereda; o vereador é o caminho para a solução dos problemas da sociedade”, frisou, conclamando os pastores a orarem pelos vereadores.

 

A Mesa de Honra foi formada pela vereadora Eremita Mota de Araújo; Paulo Aquino, secretário Municipal de Governo, representando o prefeito Colbert Martins da Silva Filho; os apóstolos Roque Hudson Mamona, presidente da AME Bahia; Antônio Lima, vice-presidente da AMIPE; Wilson Dias, diretor estadual da UNIPAS, mais o palestrante da noite. A sessão teve as apresentações do Apóstolo Jener Gomes, que tocou o chofar, e da cantora Sara Liz Barreto.

 

Homenageados

 

Durante a sessão foram homenageados os pastores Adlai Anselmo Pereira Duque da Silva, Charles Moreira da Costa, Carlos Henrique dos Santos, Rebeca Araken de Almeida da Silva, Manoel Valdemar da Silva, Elielton do Nascimento Santos, Luís dos Santos Alves, Manoel da Conceição Oliveira, Fernando de Souza Machado Júnior, Rosália Lustosa Pinho Briano, Genner Gomes, Jivanildo Araújo da Silva, Gerkon Silva Ribeiro, Carlos Carvalho da Silva, Fernando Silva Ferreira, Eloivaldo Carlos Guimarães e Ademar Miguel Santana Barbosa.

 

Ainda entre os pastores Jailson Oliveira Araújo, Everaldo Rocha dos Santos, João Bosco Dantas da Silva, Elane Gina dos Santos de Jesus, Márcio da Silva Ferreira, José Américo Santos, José Ribeiro Santana, Antônio Lima dos Santos, Gilmar Bezerra da Silva, Wilson da Silva Santos, Emerson Assunção Costa, Alexandre Ricardo Viana, Ivan Wellington Soares da Silva, Janewdson Lima de Oliveira, Washington Lima de Oliveira, Ezequiel Pinto de Carvalho, Priscila Lopes da Cruz Silva, Emerson Ferreira de Souza e Cleohondes Souza da Silva.

 

Foram homenageados também os missionários Adson Rios da Silva, Lindenilton Almeida da Silva, Célia Maria Simões dos Santos, Rita de Cássia de Jesus Oliveira, Nailton dos Santos Ataíde, Tiago Machado dos Santos, Marineide Silva Santos Barreto, Cleide de Jesus Oliveira e Oliveira, Abinael Nascimento Pereira e Normelita Ribeiro dos Santos.

 

Ascom