Versículo do dia
A fazenda do rico é sua cidade forte e, como um muro alto, na sua imaginação.

Posto de número dois da Cultura será temporariamente ocupado por pastora, informa secretaria

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

A Secretaria Especial de Cultura informou nesta quinta-feira (23) que a atriz Regina Duarte e o ministro Marcelo Álvaro Antônio, do Turismo, convidaram a pastora evangélica Jane Silva, atual secretária da Diversidade Cultural, para ocupar temporariamente o cargo de secretária-adjunta do órgão.

 

Nessa condição, Jane Silva assume provisoriamente o comando da secretaria, já que o secretário Roberto Alvim foi exonerado na semana passada, e a atriz Regina Duarte, convidada para o posto, ainda não anunciou se aceitará. O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quinta-feira que a atriz deverá ser nomeada na semana que vem, depois que ele voltar de viagem à Índia.

 

Segundo a assessoria da pasta, Jane Silva ocupará a vaga até que haja uma definição sobre a nomeação da atriz para chefiar a secretaria.

 

Regina Duarte chegou nesta quarta-feira (23) a Brasília, onde se reuniu com Bolsonaro. Nesta quinta, participa de reuniões na sede do órgão, na Esplanada dos Ministérios.

 

Na semana passada, o então chefe da secretaria, Roberto Alvim, foi demitido depois de ter utilizado, em discurso para divulgar o Prêmio Nacional das Artes, frases semelhantes às do ministro da Propaganda da Alemanha nazista, Joseph Goebbels, antissemita radical e um dos idealizadores do nazismo. A repercussão negativa da fala levou à queda do secretário.

 

Segundo informou o blog de Matheus Leitão, o cineasta Josias Teófilo é cotado para ocupar a função de secretário adjunto. Ao jornal “O Globo”, ele afirmou ter sido sondado.

 

G1

OUTRAS NOTÍCIAS